Saturday, February 18, 2006

sublimação

Meus sonhos
são imagens imperfeitas,
que se desmancham no ar.
São pensamentos
vazios da lógica
dos mortais.
São fantasias em sequência,
às quais me entrego
inconsciente.
São coisas vãs,
desejos absurdos,
quimeras
sem fundamentos.
No sono... o sonho.
Mais ficção,
verdade partida ao meio.

0 Comments:

Post a Comment

<< Home